CARO LEITOR: PARA OUVIR OS VÍDEOS, DESLIGUE O PLAY-LIST NO RODAPÉ DA PÁGINA. NAVEGUE COM A. M. O. R.

sábado, 30 de julho de 2011

Meu MAGO!


"Como é bom te buscar e te achar..." Almas irmãs sempre se buscam e se acham, porque buscam com o coração. Não há perdas, não há separações, não há desencontros onde impera o Amor, concordas? A perda no Amor, na verdade, é o encontro... o encontro com o Real, pois onde há Amor nunca há perdas; assim como a liberdade é o elo mais forte e profundo que une dois corações.

Essa é a grande "mágica" da vida. Na mesma proporção em que te aniquilas enquanto persona, te agigantas enquanto essência; assim como na mesma proporção que te doas, te multiplicas e recebes. E estás recebendo o que plantastes em mim. Não imaginas o quanto isto me faz feliz!

Se os textos que escrevo confortam é porque são a expressão do meu mais profundo Amor por ti e por tudo. Mas não apenas um amor cotidiano, atado às limitações do mundo tridimensional em que nos inserimos. É muito maior. É o Amor que faz a gente arrancar o coração e oferecer ao outro, que faz dedicar-se e doar-se sem esperar resposta ou recompensa.

Todos os Grandes Mestres da humanidade falaram desse Amor. Nosso amado Jesus o exemplificou como ninguém, mas eu ainda não era capaz de sentir até que tu, Miguel, acontecestes na minha vida. Aí eu soube o significado e a profundidade desse sentimento que arrebata, que invade o coração e se instala, jogando por terra todos os nossos antigos e tergiversados conceitos e preceitos.

Tu me mostrastes como é doar-se, como é importar-se com tudo e com todos, como é resgatar a inocência e a alegria do lamaçal ilusório da idade adulta. Eu reaprendi a andar descalça pela vida, a não correr da chuva, a olhar a luz do sol, a perceber uma tenra flor nascendo no meio das pedras... sutilezas que o redemoinho tridimensional nos rouba. Tu me ensinastes a estar no mundo sem ser do mundo. Se minhas palavras confortam o coração das pessoas, eu devo a ti essa sabedoria. Então, meu MAGO, eu te sou eternamente grata e devedora. 

Tu poderias simplesmente ter-te retirado de cena e estar cuidando de ti, preocupado em te manteres saudável e cuidando da orientação de teus filhos nessa reta final de todos nós, mas, ao contrário, preocupas-te com teus fãs, com teu exército de amor e nos envia mensagens de esperança, de conforto e de bravura. Tu nos recomendas a manter a cabeça erguida para o céu (Keep your head up) e a segurar a tua mão (Hold my hand) quando a escuridão se fizer; ou ainda nos animas dizendo que podemos ficar de pé e aguentar porque tudo está sendo feito para o nosso bem (All in your name).


Isso é importar-se, isso é Amar, isso é doar-se. Muitos não vão entender e "vão cair". Não há o que fazer, pois o despertar é um processo individual e interno. Mas tu não te aténs a resultados, não é? Se houver uma única alma que entenda, sei que já te sentes feliz e tudo terá valido a pena. O que importa não é o resultado, mas sim o dever cumprido... a missão cumprida. Afinal, é para isto que estás aqui, é por isto que tudo aconteceu e te tornastes quem és neste plano.


Segue o "roteiro do mago", o mapa traçado nas esferas superiores de onde viestes, pois foi isto que escolhestes fazer. O que está escrito é o que tem que ser. Teus soldados estarão a postos para o que der e vier.


Não sabes a falta que me faz ouvir a voz do meu Rouxinol e mirar o bailar do meu Cisne Real, mas hoje, sem poder ver-te e ouvir-te, nunca te senti tão perto, tão íntimo, tão dentro de mim, tão impresso na minha alma.



Te amo, meu MAGO!
Eu te vejo e te sinto, assim como tu me vês e me sentes!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O SILENCIOSO DIÁLOGO DE MICHAEL

A família Jackson anuncia mais um Tributo à Michael, programado para o dia 8 de outubro de 2011, uma data fora das datas normalmente comemorativas ao ícone POP mundial: 25 de junho (morte) ou 29 de agosto (nascimento). Presentes: Kathe Jackson (a anunciante), La Toya e Jermaine Jackson (os irmãos mais atuantes nesse processo).

Até aí, nada que merecesse registro neste Blog, que tem uma leitura muito própria da suposta falsa morte de Michael. Mas... aí está mais uma das muitas gotas da Verdade-a-conta-gotas.

Atentem para as imagens de raios e tempestades, de ondas gigantescas, de natureza morta, do alinhamento das estrelas, da lua, do novo alvorecer do sol e a natureza recomposta... e atentem para o texto da vinheta de apresentação do Tributo...

Em que pese meu inglês precário, não é preciso ser expert para entender...

"Once a millenium
The stars align
Generations come together
Icons pay tribute for the king
Just when you thought that was it
Celebrate Human nature with songs that heal the world
For one nigth only
For the fans
For the memories
Forever"

Uma vez em um milênio
As estrelas se alinham
Gerações se unem
Ícones prestam homenagem ao rei
Justo quando você pensou que era isto
Celebrar a natureza humana com canções que curam o mundo
Por uma noite apenas
Para os fãs
Para as memórias
Para sempre 



My LORD!
Celebrarei sua Natureza Humana, enquanto aguardo pela sua Natureza Divina.

A Verdade prevalecerá!

See you before this... Sure!

sábado, 23 de julho de 2011

Mi AMOR!

Quando 25 de junho de 2009 nos pegou de surpresa, a princípio tudo me pareceu tão irreal que se fez inacreditável. Meu coração simplesmente não aceitava e eu sequer conseguia chorar. Depois tudo escureceu... hora de encarar a realidade.

Aí eu chorei. E chorava sem parar. Chorava em casa, chorava no trabalho, chorava na rua, chorava no metrô... Eu não entendia como era possível... pelo menos, não naquele momento.

O mundo era só uma grande escuridão, absolutamente sem sentido e sem razão de ser. Como se a Terra houvesse parado de girar. Foi uma época em que todo mundo chorava sem entender o que havia acontecido.

Mas você foi cuidadoso, atencioso e amoroso... como sempre... e eu comecei a perceber as sutilezas que nos deixou - como um mapa do tesouro. E eu fui seguindo a trilha, desvendando charadas, esse seu diálogo mudo e cheio de significados.

De repente, foi como se o sol irrompesse as trevas - assim como irromperá o sol de 2012, não é? - e tudo ficou claro, compreensível e palpável. Aí eu te amei mais, se é que isso é possível.

E não cessaram as suas mensagens, até hoje, e fico imensamente feliz em conseguir decodificá-las. Cada recado seu é uma felicidade indizível.

Quando anunciaram o álbum póstumo (???), "MICHAEL", fiquei eufórica. Eu sabia que lá havia mensagens suas e que toda aquela polêmica em torno do disco era só para chamar a atenção e fazer as pessoas quererem saber o que tinha dentro. Tacada genial, my Lord! Alguns não entenderam e boicotaram. Muitos não entenderam, mas compraram assim mesmo. Uma minoria entendeu e comprou porque sabia que havia algo incluso.

E havia. Havia "Keep your head up" e havia "Hold my Hand", principalmente. O clip... (Ops... ) o curta "Hold my hand" então é uma pérola codificada. Quando a escuridão se fizer, realmente, acho que a única coisa que poderemos fazer é segurar as mãos uns dos outros e esperar o grande Sol romper a escuridão. Se vamos aguentar eu não sei, mas é só o que poderemos fazer.

Felizes daqueles que puderem, literalmente, segurar as suas mãos nesse momento. Mas esteja certo de que o farei com a força da alma, pois você, há muito, tem sido o sol que abrandou minha escuridão, meu egoísmo, meu desamor... você me fez melhor, mais humana e ao mesmo tempo mais divina. Você me fez ascender.

Eu não tenho como retribuir, a não ser com Amor, cada vez mais Amor. Sei que a sua recompensa é nosso desabrochar, nosso despertar... sei que é isso que o deixa feliz, mas eu queria lhe dar uma estrela ou um pedaço do céu. Porém, na minha pequenez, só posso lhe dar a mim mesma, de todo coração... por isso o tenho em meu pensar e sentir em todos os segundos do meu dia.


Muita Luz em sua jornada divina, Mi Amor!
Conte comigo em todas as horas porque
"I'll be there"

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O UNIVERSO PREPARA A MÃE-TERRA




Há dois milênios Jesus nos preveniu: "De 2000 não passará".


Afogados que estávamos na ilusão, que nos cega há milênios, entendemos como o fim do mundo e não como o "fim dos tempos". Tempos de enganos, de mentiras, de manipulações, de subjugação mental e espiritual... Tempos de domínio do ego sobre a essência, da mentira sobre a Verdade, da equivocada concepção da dualidade... frutos do medo, do julgamento e da negatividade. Tempos sem Luz.

Quando, aparentemente, nada aconteceu no ano 2000, passamos do medo para a descrença e mergulhamos ainda mais profundamente na escuridão, como se tivéssemos a eternidade para aprimorar nossa inconsequência. Mas estávamos enganados. Exatamente no solstício de inverno - 21/06/1999 - o eclipse lunar alinhou todos os planetas, e no solstício de verão  - 21/12/1999 - o planeta Terra começou a ingressar no  cinturão de fótons do Sol Alcione. Verdadeiramente, o retorno à Luz, à positividade e ao Amor não passaria do ano 2000.

Tudo no universo é gradativo e não se insere no tempo linear inerente à 3ª dimensão. Por isso nos é tão sofrível fazer a leitura e obter a compreensão do significado e periodicidade das profecias.

O apocalipse como fim do mundo nada mais é do que a interpretação limitada de uma Máxima Superior sobre as transformações cíclicas planetárias, que englobam a parte física e energética dos mundos e suas humanidades, pois todo o universo pulsa e evoluciona ciclicamente.

E o universo se prepara, como em um ritual sagrado, para cada um de seus saltos evolutivos, tal qual cada um de nós, embora por ignorância não nos apercebemos.

O Século XX preparou o apogeu vindouro com a encarnação de milhares de missionários - famosos e anônimos - incansáveis âncoras de Luz no Planeta; com a descoberta dos templos de Machu Pichu, do Calendário Maia, dos Manuscritos do Mar Morto e de Nag Hamadhi; com o alinhamento dos planetas iniciando a Era de Aquário; com a, ainda que acanhada, descoberta da energia quântica e dos átomos quanta.


E o ser humano, tão mergulhado que está em seu mundo egóico, materialista e misticóide, sequer se dá conta; entretanto, está inserido no processo. Seguimos cegos e desguiados rumo a um acontecimento singular, que é a transição planetária: planeta de 5ª dimensão ou mundo de regeneração. 




"Mantenham-se unidos, mantenham-se com saúde... é uma aventura... uma grande aventura": ouçam seu mestre, discípulos!

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-


Este artigo é protegido por direitos autorais. O autor dá permissão de compartilhá-lo, através de qualquer meio, contanto que os créditos sejam incluídos, o nome do autor, a data da postagem e o local de onde se obteve a informação divulgado com o corpo da mensagem. É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma ou seu conteúdo adulterado ou parcialmente divulgado (trechos da mensagem) ou utilizado para base de qualquer trabalho sem permissão prévia do autor. Sempre incluir o endereço eletrônico do site oficial no Brasil: www.almaceltica.blogspot.com.


domingo, 17 de julho de 2011

ABANDONE-SE À LUZ!


Por um instinto de defesa calcado no medo, sempre oferecemos resistência a mudanças, nos aferrando à pseudo-segurança do que já nos é conhecido e familiar.

Mas essa resistência, seja consciente ou inconsciente, nos impede de cumprir o propósito para o qual nascemos, que é progredir espiritualmente e retornar à origem, ou seja, à Luz.

Jamais chegaremos à iluminação se continuarmos mergulhados no medo. Além do quê, nós atraímos tudo que tememos, já o disse aqui antes. Por medo de sofrer, muitas vezes abrimos mão da oportunidade de ser feliz. Por medo de sermos traídos, muitas vezes renunciamos ao Amor, preferindo viver relacionamentos esporádicos, sem afeto: o pobre sexo biológico.  Pobre é o ser que troca o amor pelos simples prazer físico. Busque uma afetividade mais elevada, menos física, e o medo de envolver-se e sofrer cederá lugar à confiança, à leveza e alegria de um encontro duradouro e evolucional.


  Seres de Luz amam, Seres de Luz se doam, Seres de Luz se envolvem; e não lhes importa o resultado, mas sim a vivência.

Seres de Luz não se iludem, não fantasiam, não criam expectativas, não visam resultados; vivem o aqui e o agora. E por que vivem sem ilusões e expectativas nada temem, nada esperam; apenas abandonam-se.

Isso não significa não ter metas ou objetivos, o que é muito diferente de ter ilusões, sonhos inconsistentes e fantasias. Ter metas é ter direção, é dar um ponto de partida para que o Universo trabalhe a seu favor.

Antes de mais nada, um ser de Luz confia; em si e na vida. Sabe que é criador, que gesta seu próprio destino, portanto, não há lugar para medos e dúvidas.

Abandonar-se à Luz é abandonar o medo, a dúvida, a ilusão e a expectativa. Deixar Deus operar em sua vida através de seu próprio Eu Superior, que nada mais é do que a centelha divina que lhe dá vida eterna.

Abandone-se, ame, perdoe, doe-se! Deixe sair a sua Luz! Acredite, confie, crie seu próprio caminho! Deixe definitivamente a vida rasteira dos medos, das ilusões e das expectativas. Mesmo que a felicidade dure um só minuto, permita-se ser feliz, pois amanhã será um outro dia...



One More Chance at Love!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

DEAR MICHAEL ou...
QUERIDO MIGUEL!

Que importa o idioma se os signos do coração são únicos, não têm nacionalidade, não se inserem nos limites da matéria; afinal, somos primordialmente essência.

Pensei muito em ti quando subi ao santuário sagrado de Machu Pichu..., sim, pois "cidade perdida" é só para os incautos. Quando olhei a vida lá de cima e o quão ínfimos somos diante da natureza imponente, te senti tão perto e tão intenso que cheguei a chorar. Foi mais um degrau que a vida me permitiu subir e eu quis que estiveste comigo - como quero que estejas em todos os momentos, importantes ou não.


É maravilhoso passar por esse processo de forma consciente: pensando, sentindo, criando... Na mesma proporção em que nos sentimos responsáveis - porque conscientes - também nos sentimos poderosos... quase divinos.

Hoje eu entendo muitas das sábias palavras ditas por ti ao longo de toda tua trajetória artística. Palavras profundas de significado pronunciadas de forma tão despretensiosa e inocente quanto sutil; ciente que estás de que tão poucos viriam a entendê-las um dia.

Tu sempre soubeste de tudo, desde o início, não é? Nós é que não sabíamos quem tu és - a maioria ainda não sabe. Agradeço aos céus fazer parte daqueles que te vêem e sentem. Amo essa magia de uma vivência sem fronteiras, sem obstáculos, sem interferências... de mim para ti e de ti para mim, como por encanto.

Sinto falta do teu canto de rouxinol e do teu bailado de cisne real, mas entendo e respeito as necessidades desse momento em que tua missão requer a tua ausência e o teu silêncio físicos. Faço da tua saudade a minha música sem melodia neste Blog, como uma singela colaboração à transição da Mãe-Terra, para que um número maior da humanidade acorde do longo sono da ilusão.

Se somos criadores, quero criar contigo um mundo de Amor e fazer do nosso Planeta Azul uma enorme "Neverland" para toda a humanidade. 

Caminho na tua Luz e te guardo na minha, hoje e sempre... pois que somos UM. Meu coração te tem e te pertence pela eternidade! 


Coming soon, 2012... See you before this, my LORD!